Cadastro Unificado

Agora o cadastro de usuarios do site está unificado, isso significa que você não precisará mais fazer um novo cadastro a cada ano, ou ter um cadastro para o Congresso e outro para os Workshops.

Somente com o seu e-mail e senha, você terá acesso a todos os recursos restritos do site.



Login do Usuário

Não é cadastrado ainda?
Cadastre-se agora!

 
 



Desenvolvimento:

 

ÁREAS TEMÁTICAS


Somente serão aceitos para publicação artigos de: 
  • 1) investigação (com questão de pesquisa bem definida, com fundamentação teórica/metodológica e referências a estudos relacionados); 

  • 2) revisão da literatura em, ensino/aprendizagem de ciências, tecnologia e matemática, em um período de tempo não inferior a dez anos; 

  • 3) fundamentação teórica com implicações claras para a investigação em ensino de ciência, tecnologia e matemática, envolvendo referenciais  pertinentes à área;

  • 4) metodologia da pesquisa educacional com relevância direta para a investigação em ensino de ciências. 

ATENÇÃO: Relatos de experiências e propostas didáticas, não associadas a pesquisas não serão aceitos.


ÁREAS TEMÁTICAS PARA CLASSIFICAÇÃO DOS ARTIGOS: 

1.  Ensino de Física

Esta área temática tem como foco (objetivo) compreender os processos históricos do conhecimento e a gênese das ideias na área de física, de maneira a contribuir com novas estratégias de ensino que tragam mudanças conceituais e construção de novos conhecimentos na área.

2.  Ensino de Biologia

Esperam-se trabalhos voltados para temáticas que abordem: os currículos de Biologia para a educação básica brasileira: aspectos históricos, tendências atuais; modalidades didáticas; a relação pedagógica e a dinâmica professor-aluno-conhecimento; educação ambiental; teoria de aprendizagens Construtivistas e suas implicações para sala de aula; análise e produção de materiais didático-pedagógicos; avaliação do processo ensino-aprendizagem em Biologia; experimentação; formação inicial e continuada de professores; estágio supervisionado; a história da Ciência e suas contribuições para o ensino de Biologia.

3.  Ensino de Química

A Área Ensino de Química tem como objetivo promover a interação entre professores, pesquisadores, estudantes e demais interessados, em diferentes níveis de atuação, com perspectivas de reflexão e socialização sobre atuais tendências, concepções e práticas, e, suas consequentes contribuições na construção de uma nova visão do ensino de química.

4.  Ensino de Matemática

Esta área temática visa a promover as inter-relações entre docentes, pesquisadores, estudantes e demais interessados, no que diz respeito às questões voltadas para o ensino-aprendizagem da matemática em todos os níveis de ensino. Intenciona ampliar e consolidar o conhecimento da área na qual o professor atua, de maneira que este possa ser capaz de elaborar e experimentar novos recursos didáticos e propostas de ensino que possibilitem a construção, a reflexão e o questionamento do conhecimento com o qual trabalha frente às demais ciências, a tecnologia e a sociedade.

5.  Ensino de Estatística

Espera-se para esta área: contribuições que busquem propor e analisar possibilidades inovadoras para o ensino e aprendizagem de Probabilidade e Estatística, trabalhos com resultados acerca de mecanismos e ferramentas que possam vir a ser trabalhados na transformação da prática docente possibilitando uma construção do conhecimento efetiva e ganho significativo para o aluno no que se refere à aprendizagem valorizando o desenvolvimento das competências estatísticas e  resultados de pesquisas envolvendo materiais didáticos para o apoio do professor em sala de aula.

6.   Ensino de Ciências nos Anos Iniciais

Esperam-se trabalhos voltados para temáticas que tratem de pesquisas relacionadas ao ensino/aprendizagem de ciências para os anos iniciais, nas modalidades regular ou inclusiva, como: alfabetização científica; o currículo do ensino de ciências para os anos iniciais; educação ambiental; promoção à saúde; formação inicial e continuada de professores; avaliações externa.

7.  Ensino de Ciências

Serão aceitos artigos que versem sobre o Ensino de Ciências e contemplem uma das temáticas seguintes: os currículos de Ciências para a educação básica brasileira: aspectos históricos, tendências atuais; modalidades didáticas; Educação Ambiental; a relação pedagógica e a dinâmica professor-aluno-conhecimento; teoria de aprendizagens Construtivistas e suas implicações para sala de aula; análise e produção de materiais didático-pedagógicos; avaliação do processo ensino-aprendizagem em Ciências; experimentação; formação inicial e continuada de professores; estágio supervisionado; a História da Ciência e suas contribuições para o ensino de Ciências.

8.    Educação Profissional e Tecnológica (EPT)

Essa área temática tem como proposta discutir as problemáticas relacionadas aos processos de formação na educação profissional, com ênfase nas engenharias e nos cursos superiores de tecnologia. A atuação/formação do docente na EPT; inovações curriculares nos cursos profissionalizantes de uma maneira geral, e especificamente nas engenharias e tecnologias; inovações e novas práticas pedagógicas e curriculares na EPT, são alguns dos temas possíveis a serem vinculados a essa área temática.

9.  Educação Científica e Tecnológica e Estudos CTS

Esta área temática propõe ser um espaço de interlocução entre professores, estudantes e pesquisadores voltados para a reflexão e problematização da educação científica e tecnológica a partir dos Estudos CTS. Entre outros aspectos, interessa aprofundar as contribuições dos Estudos CTS na educação, debater as articulações que vêm sendo realizadas entre os trabalhos de investigação em ensino de ciências e tecnologias- seja nas modalidades da educação formal e não formal- e os Estudos CTS, bem como pensar os rumos do campo da Educação CTS relacionada aos problemas e demandas latino-americanos locais e regionais.

10. TIC no Ensino-aprendizagem de Ciências e Tecnologia

Textos trazendo resultados de pesquisas empíricas ou teóricas, concluídas ou em andamento, tratando do emprego de TIC no ensino. Os trabalhos podem abordar todos os níveis de ensino, de básico à universitário. Os assuntos possíveis incluem estudos de casos, desenvolvimento de produtos e metodologias, comparações entre abordagens, sem se limitar a esta lista.

11. Linguagem e cognição no ensino de ciência e tecnologia

Serão aceitas pesquisas que versem sobre linguagem e cognição no ensino de ciência e tecnologia. Esperam-se trabalhos voltados para: temáticas acerca das ciências cognitivas; discussões sobre fundamentos do ensino de ciências; processos de aquisição da linguagem científica referentes a questões aplicadas ao contexto de ensino na educação básica  e profissional nas modalidades regular ou inclusiva . Considerar-se-ão como eixos norteadores de pesquisas: as tecnologias de informação e comunicação (TICs); a educação tecnológica; a aprendizagem significativa; a aquisição de leitura; a escrita e a oralidade; o letramento; o numeramento e a alfabetização científica.

12.  Ciência, Arte e Teknè: uma abordagem interdisciplinar

Esta área temática tem como objetivo propiciar discussões e interações com abordagem interdisciplinar que visem compreender questões teóricas e práticas que permeiam as relações entre Arte, Ciência e Teknè. Essa abordagem pode contribuir para o entendimento do desenvolvimento humano de forma integral e não compartimentalizada, bem como, para a construção de novos conhecimentos.

SINECT - Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia - Ponta Grossa/PR - Todos os Direitos Reservados.